Cuidados com o couro cabeludo garantem cabelos mais bonitos e saudáveis

Não adianta, se você quer ter cabelos fortes, bonitos e com vida, precisa dar uma atenção especial ao seu couro cabeludo. Cuidados básicos ao lavar, secar e até mesmo hidratar fazem toda a diferença e são fundamentais para conquistar fios mais resistentes, sejam eles lisos, enrolados, crespos, claros ou escuros.
Segundo o dermatologista Valcinir Bedin a falta de devidas cautelas podem trazer sérios problemas. “O descaso com o couro cabeludo pode causar caspa, descamação, oleosidade e até prejudicar a nutrição do cabelo”, explica.
O excesso de água, decorrente da lavagem diária, principalmente em sua temperatura mais elevada, está entre um dos principais vilões da saúde da raiz. Isso porque retira a oleosidade natural dos fios e estimula as glândulas a trabalharem ainda mais para compensar a falta de sebo, dificultando até mesmo o crescimento.
O dermatologista recomenda que a lavagem seja feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente, em dias alternados.
Investir em bons produtos para a manutenção das madeixas é importante, mas mais ainda é que não restem resíduos. O acúmulo de produtos na raiz dos cabelos pode entupir os poros (folículos pilosos) do couro cabeludo prejudicando a nutrição.
É preciso retirar totalmente quaisquer resquícios durante a lavagem. Condicionadores e cremes não devem ser aplicados diretamente na raiz e o xampu precisa ser muito bem retirado.

(Thalita Monte Santo)

Para quem sofre com o ressecamento do couro cabeludo, Bedin recomenda que sejam feitas hidratações quando houver descamação, que pode ser causada pela queda de temperatura. “No frio, a sudorese fica diminuída, por isso há o ressecamento do couro cabeludo e possivelmente a descamação”, explica.
O especialista alerta que existem produtos específicos que podem hidratar o couro cabeludo sem deixá-lo com aspecto ensebado e nem obstruir os poros. Princípios ativos como a ureia e o lactato de amônio, por exemplo, têm alto poder emoliente.
Vale lembrar que os produtos que hidratam o couro cabeludo não são os mesmos usados para hidratar o fio. Usar uma máscara capilar na região com esse objetivo pode, portanto, agravar o quadro.
Para o uso de secador, Bedin ressalta que se deve manter uma distância mínima de 30 centímetros da raiz dos cabelos, e a chapinha a cerca de um centímetro e meio do couro cabeludo. O especialista ainda faz o alerta: por mais popular e prática que a chapinha tenha se tornado, é preciso lembrar que ela danifica os cabelos e não pode ser usada tão frequentemente.

Seguindo as recomendações do dermatologista, além de recuperar a saúde do seu couro cabeludo, você garante fios mais resistentes, cheios de vida e brilho e, consequentemente, a elevação da sua autoestima.

WhatsApp chat
0
X