Cuidados essenciais com higiene no seu salão. Fique atento!

Você sabia que a higienização nos salões de beleza é lei? Isso mesmo! Desde janeiro de 2012, os salões que não se atentam às normas de higiene podem ser punidos pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Vale destacar que as regras são importantes não apenas para a saúde e bem-estar dos clientes, como também protegem os cabeleireiros, esteticistas e manicures.
Se você trabalha em uma empresa de beleza ou é proprietário de um salão, confira a seguir alguns cuidados essenciais para manter a higiene do estabelecimento, tal qual manda a lei. Vem com a gente!
Higienize toalhas e lençóis devidamente
As toalhas e lençóis precisam ser lavados com frequência, bem como devem ser trocados a cada cliente. Isso garante a higiene em procedimentos simples, como lavagem de cabelos ou processos de depilação.
Descarte lixas de unhas e pés
A cada uso, descarte as lixas de unhas e pés. Cumpre salientar que lâminas e espátulas de madeira também não devem ser reprocessadas ou reutilizadas. Fique atento e não abra mão de realizar esse ritual, afinal, ele precisa se transformar em hábito!
Use a autoclave
A autoclave é um aparelho que esteriliza utensílios domésticos, hospitalares e de beleza através de um mecanismo de aquecimento e pressão. Pinças, alicates, afastadores e tesouras precisam sempre passar por esse processo de esterilização após o uso.
Fracione a cera depilatória aos poucos
As ceras de depilação precisam ser fracionadas em pequenas porções, suficientes apenas para cada cliente. Procure não guardar sobras de cera fracionada, a fim de evitar contaminação e proliferação de micro-organismos. Isso faz toda diferença!
Limpe sempre as escovas e pentes
As escovas e os pentes precisam ser limpos após cada atendimento. Para tanto, retire os pelos, lave o acessório e de preferência, passe álcool em gel para esterilizá-los. O processo de higienização é prático, rápido e muito eficaz.
Aposte no revestimento impermeável do mobiliário
A ANVISA recomenda que as cadeiras, macas, armários, travesseiros, colchões e almofadas sejam revestidos com material impermeável, que também precisa ser resistente e de fácil desinfecção. Além disso, os móveis devem ser mantidos em um bom estado de higiene e conservação.
Dicas extras

  • Os materiais perfurocortantes precisam ser descartados logo após o uso;
  • Os profissionais atuantes no salão de beleza devem usar equipamentos de proteção, incluindo óculos, luvas, máscaras e jalecos. Os equipamentos dependerão diretamente da função exercida;
  • A reutilização de embalagens de produtos químicos é vetada;
  • Os prazos de validade dos produtos devem ser rigorosamente respeitado. Isso assegura o bem-estar dos clientes;
  • Os produtos cosméticos não devem dividir espaço com produtos de limpeza;
  • Os produtos que precisam ser refrigerados devem ser acondicionados em aparelhos específicos, contendo termômetro e registro de temperatura. Além disso, eles não podem de forma alguma dividir o mesmo espaço com alimentos.

E aí, você já adota essas medidas no seu salão? Se a resposta for negativa, procure cuidar da higiene do seu estabelecimento com mais atenção e evite dores de cabeça no futuro.

WhatsApp chat
0
X