5 “erros” que toda cacheada já cometeu

Compartilhar é se importar!

Falo por mim quando digo que, graças a Deus, a vida das cacheadas mudou muito nas últimas décadas. Não foi fácil ser uma cacheada nos anos 80, 90 e 2000. Foram muitas químicas, receitas da vovó, e dicas de cabeleireiros que acabaram resultando em um montão de erros e acertos na hora de cuidar do cabelo cacheado e/ou afro.
Mas o passado ficou realmente no passado.


Vamos lembrar 5 erros que toda cacheada já cometeu e não vai cometer nunca mais? Compartilhe com suas amigas se elas ainda cometem esses erros.

5 “erros” que toda cacheada já cometeu
Imagem: Pinterest

Cabelo molhado e pingando creme

 

Esse, com certeza, foi o maior e “pior” de todos os erros que todas já cometemos. Quer dizer, não tem problema nenhum usar cabelo molhado, com pouco volume, nem tem problema usar um leave-in. Mas essa era a maneira de ter o cabelo “arrumado” em uma época onde não se aceitava (nós mesmas não aceitávamos) o volume. O cabelo ficava pesado, e sair com o cabelo molhado todo dia era muito trabalhoso, especialmente no inverno.

Felizmente, isso mudou, a maioria das mulheres de cabelo afro e cacheado prefere estar de cabelo seco e com volume lá em cima.

Usar máscara como ativador/finalizador de cachos ou leave-in

 

Naqueles tempos, íamos comprar produtos de cabelo e as opções eram quase nulas. Estou certa que muita gente usou creme de hidratação para amassar o cabelo! Afinal, ele deixava o cabelo mais durinho e facilitava na hora de ativar os cachinhos. Mas obviamente, o produto não foi feito pra isso e deixava os fios cheios de resíduos.

5 “erros” que toda cacheada já cometeu
Imagem: Pinterest


Usar máscara após o condicionador

 

Que erro! E ele é geral entre as mulheres. As próprias marcas colocavam em seus rótulos que a máscara deveria ser usada para finalizar a lavagem.

Na verdade, o xampu higieniza e abre os poros capilares, a máscara coloca os nutrientes pra dentro, e o condicionador hidrata um pouco, mas, principalmente, fecha as cutículas dos fios. Ou seja: o condicionador vem por último!

 

Nunca cortar o cabelo

 

Acredito que por medo, toda mulher foge da tesoura, mas especialmente quem tem cabelo afro ou cacheado. E esse medo tem dois motivos: o primeiro é que quando cortamos um dedo do cabelo cacheado, parece que foi uma mão inteira. O outro é que o fator encolhimento vem acompanhado de um armado assustador. O indicado é cortar pouco a cada três meses, assim terá as pontas renovadas e os nutrientes chegarão até a ponta dos fios.

O cabelo cacheado ou afro dificulta esse trajeto por conta das ondulações, e as pontas ficam secas mais rapidamente. Cortar é saudável.

Desembaraçar a seco

 

Me dá aflição só em pensar! Quem usou química por muito tempo se acostumou a desembaraçar o cabelo seco e pode ter tentado fazer o mesmo no cabelo cacheado. Esse tipo de cabelo quebra muito menos quando é desembaraçado ainda úmido. Aproveite a máscara de hidratação fazendo efeito e desembarace.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =