No Poo e Low Poo, o que é isso?

843 0

Compartilhar é se importar!

Ultimamente muito tem se ouvido falar sobre duas técnicas, que estão fazendo a cabeça (literalmente) da mulherada: sejam elas cacheadas, crespas e até as lisas. Mas se você ainda não sabe o que significa, não se preocupe, vamos tentar esclarecer todas as suas dúvidas nesse texto.

As técnicas são sobre a lavagem dos cabelos sem shampoo, ou com o seu uso limitado. Além disso, é claro, é sobre eliminar quaisquer tipos de parafinas, sulfatos, petrolatos, surfactantes e silicones insolúveis, da rotina capilar. Ou seja, não usar mais nenhum produto que contenha estes componentes. Geralmente estas substâncias são encontradas em shampoos, condicionadores, cremes para pentear, máscaras de tratamento, entre outros produtos.

Mas nós não precisamos usar shampoo para deixar os fios limpos?

Na verdade, não. O que ocorre é que alguns ingredientes presentes no shampoo, como os sulfatos, por exemplo, acabam retirando toda a oleosidade natural produzida pelo couro cabeludo, aquela que ajuda a nutrir os fios, e os deixa mais ressecados e quebradiços. O shampoo com sulfato retira até o que não deveria retirar dos cabelos. Por isso se deu a necessidade de eliminá-lo, mesmo que parcialmente, da rotina capilar.

Mas qual é o porquê de tudo isso?

As substâncias já citadas podem mais danificar do que ajudar os seus fios. E é aí que as duas técnicas surgem, para ajudar em uma limpeza mais natural dos seus cabelos. Algumas mulheres, principalmente as que estão passando pela transição capilar, aderem à técnica, pois ela faz com que os novos fios cresçam mais hidratados e fortes.

Existe diferença entre No Poo e Low Poo?

Sim. Na técnica No Poo não é usado nenhum tipo de shampoo na lavagem, que é substituída por co-wash, uma maneira de lavar os cabelos usando condicionador e cremes de pré-lavagens liberados, ou seja, que não levem nenhuma das substâncias proibidas em suas fórmulas.

Já na técnica Low Poo é possível usar pouco shampoo, de preferência os sem sulfatos e liberados, sincronizando as higienizações com o co-wash. Essa técnica é mais usada por quem ainda não se sente à vontade para largar o shampoo de vez e prefere fazer aos poucos.

O que é preciso para iniciar alguma das técnicas?

Antes de tudo é preciso lavar os fios, pela última vez, com um shampoo que contenha sulfatos. Meio contraditório, né? Mas necessário, para que na lavagem ele retire todas as substâncias que estiverem no seu cabelo.

O sulfato age como se fosse um detergente e remove gorduras e outras coisas do couro cabeludo. Logo em seguida você precisará de uma hidratação ou nutrição, com produtos liberados, é claro. E pronto! Você já deu início à técnica. Agora você só precisa decidir se vai seguir com o No ou o Low Poo. Sempre que você sentir necessidade em lavar os cabelos com shampoo de sulfato não há problema, mas não se esqueça da hidratação logo em seguida.

Troque o reparador de pontas e as pomadas finalizadoras por Óleos vegetais, como os de coco, macadâmia e amêndoas. Usar ingredientes como bicarbonato de sódio, vinagre de maçã, amido de milho e outros disponíveis na sua despensa nos tratamentos são muito bem-vindos também.

Lave pentes, escovas, presilhas e elásticos de cabelo para retirar quaisquer resquícios de óleos minerais, silicones, parafinas e afins e evitar que as substâncias se espalhem pelo seu cabelo. Parece exagerado, mas pode acontecer.

Não é difícil iniciar e manter qualquer uma das técnicas. E o resultado são fios mais vistosos, cheios de vida, macios e definidos. Prestar atenção nos rótulos e embalagens na hora de comprar os produtos para os cabelos também é muito importante. Antes de adquiri-los faça pesquisas na internet e converse com quem é adepta às técnicas e possa te orientar.

Thiago

Mergulhando no mundo dos blogs da área da beleza, apaixonado pela tecnologia, marketing de diferenciação e futuro especialista em SEO!

Related Post

Eagle Barbers  

Posted by - 3 de abril de 2018 0
Eagle Barbers   Histórias sobre empreendedorismo e de sucesso marcaram a primeira edição do Eagle Barbers, evento que recentemente reuniu,…

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *